Batman: A série Arkham pode estar a chegar para mudar, por fugas no retalhista

O aclamado crítico Batman: a série Arkham poderia vir à Nintendo Switch este Verão, pelo menos de acordo com uma fuga recente de informação de um retalhista francês. Rocksteady surpreendeu os fãs de jogos e banda desenhada com o lançamento de Batman: Arkham Asylum, um sucesso de bilheteira de 2009 que destruiu a reputação do Cavaleiro das Trevas, anteriormente sem brilho, com uma atmosfera assombrosa e uma jogabilidade sólida. O Batman de 2010: Arkham City seria construído sobre os alicerces do Asilo, acrescentando num mundo aberto cheio de criminosos e missões secundárias, para além de um subplot paralelo que permitia aos jogadores entrarem no papel de folha de alumínio de longa data do Batman

Enquanto a série Batman: Arkham já estava disponível para jogadores PlayStation e Xbox desde o início, os jogadores da Nintendo foram largamente deixados de fora das mais recentes e bem sucedidas aventuras interactivas do Dark Knight. De facto, a única porta Nintendo da série Arkham até à data é Batman: Arkham City Armored Edition para a Wii U, que acrescentou funcionalidades especiais para o controlador de ecrã táctil da consola, juntamente com algumas peles de armadura de energia alternativa para o Batman e a Catwoman. Mesmo quando as três principais prestações da série Arkham foram relançadas no Batman: Arkham Collection de 2018, foi apenas disponibilizada na PlayStation 4, Xbox One, e PC através de pontos de venda como o Steam - sem qualquer palavra sobre quando viria para o Nintendo Switch.

Isto pode estar a mudar em breve, uma vez que a VGC informa que o Batman: Arkham Collection poderá vir ao Nintendo Switch este Verão. O site francês WTT tem um Batman: Arkham Collection Switch porto publicado por um preço de 59,99 euros ($68,68), com uma data de lançamento para os detentores do lugar marcada para 31 de Agosto de 2022. Embora nem o Rocksteady nem a editora WB Games tenham confirmado oficialmente que o Batman: Arkham Collection está a ser portado para o Nintendo Switch neste momento, vale a pena notar que o WTT vazou anteriormente a versão do Nintendo Switch de The Witcher 3 antes de ser lançado em 2019, acrescentando aqui credibilidade às suas reivindicações.

Batman Arkham Nintendo Switch Screenshot

O próximo projecto de Rocksteady baseado em DC desviará o foco do Batman e da sua infame galeria de velhacos, como o próximo Esquadrão Suicida: Kill The Justice League colocará os jogadores no papel do Madcap Task Force X numa missão para eliminar os heróis da Terra depois de terem sido tomados pelo sinistro Brainiac. Esquadrão Suicida: Kill The Justice League foi recentemente adiado até 2023, mas rumores recentes sugerem que Rocksteady poderia regressar ao Batman e à sua pletora de personagens de apoio num novo jogo Batman: Arkham depois de Kill The Justice League ser eventualmente libertado. Entretanto, os próximos Cavaleiros de Gotham da WB Montreal procuram levar por diante a fórmula furtiva e de combate da série Arkham num enredo reiniciado que vê os antigos protegidos de Batman prosseguirem a sua missão de defender Gotham após a sua aparente morte.

Embora certos aspectos da série Batman: a série Arkham possa não ter envelhecido bem (nomeadamente os desenhos de personagens para certas personagens femininas e subquadrantes de recolha de troféus envolvendo o Enigma), a trilogia de Rocksteady continua a ser bem considerada entre os fãs de jogos e banda desenhada. A acreditar na recente fuga de informação da WTT, os proprietários do Nintendo Switch poderiam finalmente desfrutar das três entradas principais do Batman: franchise Arkham no final deste ano.

Fonte: WTT (via VCG)

Relacionado